Vítima Da Relação E Comunicação Duplo Vínculo

Muito mais grave que um mal entendido, a relação duplo vínculo consiste em receber mensagens conflitantes de alguém muito próximo e querido, que afirma e nega algo simultaneamente, apresentando duplo sentido entre falas e expressões faciais ou gestuais, gerando sofrimento e confusão na mente da vítima. Para ficar claro, darei dois exemplos simples: Sua mãe expressa que você precisa emagrecer e comer alimentos mais saudáveis, porém ela faz todas as tardes bolo de brigadeiro especialmente para você lanchar; O pai diz ao filho para ser um aluno mais aplicado e tirar melhores notas, mas chega justo na semana de provas e ele resolve atender o pedido antigo do garoto e compra o tão desejado tablet novinho e cheio de jogos.

Quando se tem muita consideração e respeito por alguém, é esperado que você se importe, peça conselhos e opiniões, naturalmente você dá poder ao outro, isso pode gerar coisas positivas ou negativas, dependendo de como é a sua relação com essa pessoa, se é uma relação saudável ou não. Fique atento, pois o duplo vínculo é uma comunicação ambígua e uma forma implícita de impor controle que exerce muita influência em sua vida, mesmo que você não esteja se dando conta disso.

Imagine receber uma proposta para trabalhar em outro estado ou país. Ao comunicar a novidade a um ente querido, ele começa a chorar, demonstrando certo desespero. Você fica confuso e pergunta se a pessoa está triste e ela responde que está emocionada e feliz por você, mesmo estando nítido o desconforto dela. A mensagem da fala e expressão são opostas, uma nega a outra. A partir disso, é possível que o dilema da comunicação não seja enfrentado, ocasionando o sentimento de culpa e repressão em aceitar a nova oportunidade de emprego e mudança de vida.

Vítima Da Relação E Comunicação Duplo Vínculo - blog de psicologia Melkberg - duplo vínculo - relação - relacionamento - vítima - comunicação

O relacionamento de duplo vínculo causa sofrimento emocional, torna a vítima dependente, com baixa auto estima, comprometendo o progresso e qualidade de vida. Em 1956, essa dinâmica foi observada pelo antropólogo e cientista social, Gregory Bateson ao constatar que a relação de duplo vínculo é contraditória e expressada por comportamentos de afeto e agressão simultâneos, e apesar de haver o desgaste emocional, o elo entre as duas pessoas é muito forte, sendo difícil se desvincular.

Também não importa qual seja a resposta da vítima, na maioria das vezes, ela estará errada na concepção da outra pessoa, o que pode provocar sentimento de rejeição, pânico, raiva e até desenvolver sintomas esquizofrênicos (caso haja histórico familiar) e outros transtornos mentais.

Na infância, a criança que escuta frases como “lá vem a chatinha e linda do papai”, recebe uma mensagem de depreciação e carinho ao mesmo tempo, não proporcionando acolhimento e segurança para ela se aproximar do pai, então ela passa a sentir dúvidas em relação ao amor dele. Quando se cresce num ambiente familiar que utiliza este modo de comunicação e relacionamento duplo vínculo, a criança pode se tornar um adulto apático, impotente e cada vez mais distante de seus desejos, incapaz de exprimir suas próprias palavras e incerto sobre seus próprios sentimentos e dos outros.

O duplo vínculo é aprendido e passado de gerações a gerações quase que despercebido pela família. Só se torna um duplo-vinculador quem foi vítima.

Sabe quando alguém lhe diz que está tudo bem, mas percebe-se pelo tom de voz que a pessoa não está sendo verdadeira? Caso haja um vínculo muito forte, você se sentirá, no mínimo, muito preocupado e angustiado nessa situação. Então, vamos combinar uma coisa? Seja sincero, não importa qual seja a verdade. Para um relacionamento dar certo é preciso haver a comunicação e expressão de afeto saudáveis.

Vítima Da Relação E Comunicação Duplo Vínculo - blog de psicologia Melkberg - duplo vínculo - relação - relacionamento - vítima - comunicação

Um comentário sobre “Vítima Da Relação E Comunicação Duplo Vínculo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s