Evolução - blog de psicologia Melkberg - evolução - tempo - mundo - velhos - presente - evolucao

Evolução

Os avanços da ciência, principalmente da tecnologia, podem fazer os mais velhos terem uma visão de mundo mal compreendida, com certo espanto ou pessimismo. Alguns jovens descrevem isso como mentalidade atrasada, uma expressão genérica e retrógrada assim como aqueles que não desejam o progresso. Seguindo a cosmovisão depreciativa, os mais velhos acabam também diminuindo a imagem referente à atualidade, saudando sempre os bons e velhos tempos.

A evolução acontece e temos que aceitar, sendo ela boa ou não, senão ficaremos obsoletos, pausados no passado. De certo modo, não deixa de ser saudável acumular memórias nostálgicas. Mas… só reclamar do presente e achar que tudo atrás era melhor do que o tempo de agora, se torna algo crônico que tende a se agravar com o passar dos anos, pois a insatisfação com o presente só aumenta.

Mudar um pouco as suas ideias não faz de você alguém incongruente, sem autenticidade, ao contrário, faz de você alguém que está disposto a aprender tudo que cada ano pode ensinar. Te faz apreciar os comportamentos e as mudanças na sociedade. Faz de você um acompanhante do mundo e do tempo, curioso para descobrir as próximas novidades e como elas podem fazer alguma diferença na sua vida.

Quando alguém não se reconhece na sociedade atual, desqualifica o tempo real, vê com olhos de decadência, repúdio, acreditando que o mundo está prestes a se acabar. Você pode discordar de algumas tendências, mas, ao invés de somente se queixar, procure formas de transformá-las, dê significado ao novo que agregue algo de positivo à sua vida, mesmo que seja apenas uma reflexão produzida. Guarde o que tinha de melhor no seu passado, mas não ignore o seu presente e faça um futuro diferente.

A informação flui muito rápido numa velocidade luz, inalcançável e provoca seus efeitos, muitos não percebem a dimensão e dizem sentir uma ansiedade insaciável nessa cadeia produtiva. Para a juventude um conselho: não seja um ignorante, mas se retire um pouco do excesso de informação, pois isso não significa necessariamente conhecimento, ninguém é capaz de assimilar tantas coisas ao mesmo tempo.

Se preocupar excessivamente com o externo não abre possibilidade de se conectar com o interno, não há espaço para uma auto-análise, nem questionamentos. Se você anda ligado o tempo todo no que está acontecendo no mundo, você apenas reagi a ele, você não agi. Somente olhando para a janela de fora, um dia você tem grandes chances de se desconhecer e não saber aonde foi parar ao ser esquecido por si próprio.

Evolução - blog de psicologia Melkberg - evolução - tempo - mundo - velhos - presente - evolucao

ARTE

Pintura surrealista – “Tempo Trespassado” (1938), de René Magritte.

Uma das obras de arte mais conhecidas do pintor reflete uma sala limitada e misteriosa através do espelho sobre uma lareira. Em cima da lareira há um relógio e saindo dela há uma locomotiva a vapor destruindo a paz da sala e viajando através do tempo.

A mensagem não é simplesmente fazer com que o absurdo pareça possível, trata-se de revelar o invisível. O trem agora é o tempo atual, ilusório, parece se mover para frente, quando na realidade não está indo a lugar nenhum num momento eternizado pelos ponteiros do relógio parado.

2 comentários em “Evolução”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s